A Espazo inaugurou recentemente uma nova unidade de ‘Self-Storage’, em Alfragide, com 2.000 m2, divididos em cerca de 170 boxes, com áreas entre os dois e os 40 metros quadrados. Esta nova unidade representou um investimento de 1.500.000 euros, prevendo-se uma receita anual na ordem dos 150 mil euros.

De acordo com João Vala, gerente da Espazo, “esta nova unidade visa dar uma cobertura geográfica mais abrangente, servindo a zona Ocidental de Lisboa e concelhos limítrofes”.

A Espazo Alfragide surge na sequência da estratégia comercial montada pela empresa e junta-se assim aos dois outros centros de ‘Self-Storage’ que a Espazo detém actualmente na cidade de Lisboa, mais precisamente em Alvalade e na Alta de Lisboa.

“Estas unidades de armazenamento funcionam como um complemento de casas ou empresas, surgindo como a solução ideal para armazenar objectos ou materiais que necessita de guardar, mas que não tem espaço ou necessita optimizar, reaproveitando as áreas utilizadas na sua casa ou empresa. Os espaços de armazenagem encontram-se integrados num edifício equipado, com um moderno e seguro sistema de

segurança e detecção de incêndios, em ambiente seco, limpo e ventilado, tendo disponíveis diversos serviços de apoio à logística do cliente”, explicou a empresa em comunicado.

João Vala não tem dúvidas de que “numa conjuntura económica desfavorável, o ‘Self-Storage’ surge como a solução ideal para empresas e particulares minimizarem os seus custos de armazenagem, optimizando os seus recursos”. E acrescenta: “Em todas as unidades da Espazo ‘Self-Storage’ cada pessoa arrenda o espaço que necessita, pelo período de tempo que pretender, sendo o período mínimo de 15 dias e se, a dada altura, necessitar de mais ou menos espaço, pode mudar-se para outro espaço à medida das suas necessidades”.

(2011), Público - Caderno Imobiliário, 13 Julho